Aviso aos navegantes

Este blog é apenas uma voz que clama no deserto deste mundo dolorosamente atribulado; há outros e em muitos países. Sua mensagem é simples, porém sutil. É uma espécie de flecha literária lançada ao acaso, mas é guiada por mãos superiores às nossas. À você cabe saber separar o joio do trigo...

Translate

Portugal Spain Italy France United Kingdom(Great Britain) Germany China Japan Russian Federation

20 de maio de 2012

O que te move?

10 dicas simples para você
treinar sua criatividade todos os dias

A criatividade é o que move as pessoas e a sociedade para um lugar melhor – através de questionamentos, pensamentos, refleções e evolução. Se não fosse ela, nós ainda estariamos morando em cavernas.

Ela é tão importante, que se tornou um dos requisitos mais importantes na hora de se conseguir um emprego, quando ter um diploma, falar inglês e concluir um MBA é considerado “não fazer mais do que a obrigação”. Isso não vale apenas para profissões criativas como arquitetos e publicitários, mas é solicitado também para vagas de trabalho como vendedor, administrador, programador, advogado e por aí vai.
Mas como exigir que as pessoas sejam criativas, se as escolas e faculdades não ensinam seus alunos pensarem fora da caixa, serem proativos e criarem soluções diferentes para problemas comuns? Se nem nossos pais nos ensinam criatividade – nos chamando a atenção a cada atitude e ação que tomamos fora do comum – como podemos ser criativos?
Criatividade não é um botãozinho no cérebro que basta apertar o play para que ele funcione. Muito menos é um dom, como se fosse uma escolha divina. Para sermos habilidosos em qualquer área, precisamos de treinamento e muita observação. É como jogar futebol, ninguém começa fazendo gol de trivela. Tem que tomar muita pancada na canela, jogar todo o dia embaixo de chuva ou sol, levar muitos dríbles entre as pernas e chutar várias bolas para fora, para só aí, conseguir ser habilidoso como desejávamos no começo.
Ser criativo é conseguir aplicar sua criatividade, pois quem é criativo e não tira suas ideias do papel, está fadado ao fracasso e a frustração. É comum ouvirmos dessas pessoas a frase: “Eu já pensei nisso antes”.
Por esses motivos, reunimos 10 dicas simples para você treinar sua criatividade todos os dias.
Precisamos aprender a direcionar a mesma energia gasta reclamando de alguma coisa que não concordamos, arrumando uma solução para aquele problema. Pode ser qualquer coisa, um novo tipo de cadarço que não precisa amarrar; um chiclete que escove os dentes ou um transporte público mais eficiente.

A criatividade sempre está envolvida em solucionar algum problema na vida das pessoas, por isso, devemos prestar mais atenção nelas. Converse com estranhos, observe as pessoas na rua — como estão vestidas, o que estão lendo, o que estão escutando — e por fim, pergunte sobre a vida das pessoas. Quanto mais conhecemos as pessoas, mais saberemos o que criar para elas. 

Não estou dizendo para você nunca mais assistir comédias pastelão ou nunca mais ir no baile funk. Mas para uma mente criativa usar todo o seu potencial, ela deve se alimentar de coisas que a façam pensar e refletir. Como programas que misturam jornalismo com humor, um formato diferente de reality show, um passeio num parque que você nunca foi, comer uma comida diferente numa feira-livre, filmes com um roteiro surpreendente e jogos de videogame com jogabilidades novas. Ficar consumindo sempre entretenimento de "empoeirar o cérebro", coloca suas idéias na mesmice. 

Vale de tudo: novos tipos de beijo, de abraço, de falar "eu te amo" e de presentear. Aproveite a paixão para colocar toda sua criatividade para fora e ainda ganhar muitos beijos por isso. 

As crianças ainda não adquiriram os filtros sociais que os adultos tanto prezam, por isso, elas estão livres para criar, brincar, falar, correr, desenhar e inventar aquilo que quiserem. Observar o processo de como elas têm as ideias e como rapidamente colocam em prática, é quase uma aula de criação. 
 A mente mente. Se você confiar apenas na sua memória, com certeza vai acabar esquecendo de alguma idéia ou pensamento brilhante. Escreva o máximo de ideias que tiver, com isso você analisa melhor o pensamento e deixa o seu cérebro livre para criar outras. Usar o Twitter no celular ajuda bastante. 
Existem muitas pessoas e organizações que desejam que você não pense, que não se questione, assim elas podem te manipular como querem. É como assistir TV e acreditar em tudo o que é mostrado. É como achar que para se divertir, sempre é preciso gastar dinheiro. É como pensar que você deve fazer escolhas, baseado no que os outros vão pensar. Quando você se desconecta desses pensamentos coletivos, suas idéias também o acompanham, tornando o "pensar fora da caixa" mais natural em sua vida. 
Na gastronomia, se os ingredientes não forem de qualidade, o sabor do prato está comprometido. O mesmo acontece com as idéias: se as referências forem as mesmas que os outros possuem, a sua ideia está comprometida. Descubra novas revistas para ler, novos programas na TV para assistir, novos passeios para fazer no final de semana. Além de seus dias serem mais interessantes, sua cabeça vai borbulhar de ideia. 

Se todo criativo parasse de acreditar em sua ideia no primeiro NÃO, com certeza muita coisa que usamos hoje não existiria. Se você acredita na sua ideia e já refletiu bastante sobre as criticas que recebeu, não desista. Lembre-se que no começo da Apple, só o Steve Jobs e Steve Wozniak acreditavam no computador pessoal deles. 

Se você vir alguém precisando de ajuda, se ofereça. Se sua mulher está cozinhando, se ofereça para cortar os legumes. Se te convidam para uma festa, colabore de alguma maneira. Se você ver algo errado em sua empresa, pense numa solução. Se você tem uma ideia, corra atrás para botar em prática. Não espere que alguém te diga o que fazer, apenas faça.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Que bom que você chegou! Junte-se à nós!